Weby shortcut
Facebook da UFG
Twitter da UFG
Instagram da UFG
Youtube TV UFG
Ícone Flickr da Política de Comunicação
Rádio Universitária
TV UFG

A construção da política de comunicação da Universidade Federal de Goiás

Atualizado em 16/04/18 16:44.

 

A elaboração da política de comunicação da Universidade Federal de Goiás (UFG), baseada na comunicação pública, no fortalecimento da cidadania e na integração dos diferentes organismos de comunicação da Universidade, foi um processo construído de forma coletiva que durou cerca de quatro anos. Este documento reúne o conjunto de valores, princípios e diretrizes norteadoras das ações, produtos e serviços de comunicação em toda a Instituição, em consonância com a missão e o Plano de Desenvolvimento Institucional (PDI).

 A UFG foi criada em 14 de dezembro de 1960, com sede administrativa em Goiânia, capital do estado de Goiás. A Instituição está estruturada em regionais situadas em Goiânia, Catalão, Goiás e Jataí. Em 2017, a comunidade universitária da UFG conta com cerca de 24 mil estudantes de graduação presencial, aproximadamente 4 mil estudantes de pós-graduação, 2.450 servidores técnico-administrativos e 2.809 docentes em atividade, incluindo os professores substitutos.


Com 57 anos de existência, a UFG possui considerável área técnica e intelectual de comunicação, lotada na Rádio Universitária, Assessoria de Comunicação (Ascom), TV UFG e Faculdade de Informação e Comunicação (FIC). A profissionalização da área, a evolução dos veículos de comunicação e a complexificação das formas de relacionamento entre a Instituição, seus públicos internos e a sociedade, tornam imprescindível a construção de uma política de comunicação. Essa demanda contou com total apoio da Administração Superior da Universidade, que reconheceu o grupo de trabalho por meio da Portaria nº 4.506/Gab/2016.

A política de comunicação foi elaborada a partir dos esforços de integração de órgãos, unidades e veículos da área de comunicação da UFG e de outros que trabalham com informação e comunicação na Instituição. Este documento é embasado de forma teórica e empírica em pesquisas bibliográficas, trocas de experiências, pesquisas de opinião junto à comunidade universitária, reuniões, seminários e encontros temáticos. O trabalho tem a característica de construção conjunta por envolver a comunidade universitária, por meio de consultas públicas, reuniões com os conselhos diretores das unidades acadêmicas, conselhos gestores das regionais, diretorias de órgãos, laboratórios e, por fim, com o Conselho Universitário (Consuni).

A realização de audiência pública e o período de consulta pública do documento, de julho a outubro de 2017, reforçam o caráter coletivo do processo de construção da política de comunicação da UFG. Os diálogos foram fundamentais para o entendimento desta área como estratégica e para o reconhecimento de que uma cultura de comunicação na UFG é responsabilidade de todos.